17 DE NOVEMBRO - DIA MUNDIAL DA PREMATURIDADE


Oi corações, tudo bem?

Vocês sabiam que o dia de hoje é o Dia Mundial da Prematuridade?

Acho justo e amoroso ter um dia especial para nossos guerreiros, tão pequeninos, mas que em contrapartida, são tão grandes em superações e em vontade de viver!

Qual mãe e pai de prematuro não tem orgulho de seu filho? Qual deles não ama falar de seu desenvolvimento, sua história dentro da UTI Neo, suas expectativas, em quanto tempo seu pequeno recebeu alta...

Acontece, que nem sempre essas histórias terão finais felizes. E esse texto é para bebês prematuros, sua famílias e para famílias de bebês prematuros anjos também.

Estima-se que, por hora, 40 bebês nascem prematuros no Brasil. A taxa de prematuridade brasileira (11,5%) é quase duas vezes superior à observada nos países europeus, sendo 74% destes prematuros tardios (34 a 36 semanas gestacionais).

Profissionais da área de saúde têm se empenhado muito para entender as causas do nascimento prematuro. Isso é uma grande preocupação de saúde pública. Existem casos absurdos de retirada do bebê antes da hora, sem indicação real de cesárea. Percebendo isso, o Ministério da Saúde lançou um protocolo de diretrizes de indicações de cesarianas. Clique AQUI e conheça.

Existem também aqueles casos em que ocorre a prematuridade expontânea, onde o bebê "quer nascer". As razões são infinitas, obstetras costumam dizer que cada gravidez é uma caixinha de surpresas. Porém segundo especialistas, na maioria das vezes, encontrar o diagnóstico que levou ao parto prematuro é possível e sempre deve ser investigado.

Por algum motivo, bebês que não nascem à termo (depois das 37 semanas), são extremamente fortes e resilientes. Eu sou suspeita pra falar, mas é realmente incrível ver como eles percebem o mundo e nos percebe de forma diferente. Como sua saúde responde, na maioria das vezes, mais rápido e surpreendente! São bebês apressadinhos, que se exige um cuidado maior e desta forma, toda e qualquer conquista é comemorada de forma peculiar também!

Da saída do tubo de oxigenação, ao Cpap. Das cirurgias às curas. Das diversas infecções e riscos de contaminação, ao resultado negativo. Do baixo peso, ao peso tão aguardado para ir pra casa.

Posso dizer que mães de prematuros também são mães incrivelmente diferentes. Temos a capacidade de ter fé, mesmo quando nos dizem que seu percentual de sobrevida é menor que o ideal. Mesmo quando nos informam que eles não engordaram 10 gr ou que perderam muito peso.

Eu sou mãe do João, um anjo lindo, que infelizmente foi embora nas 34 semanas de gravidez. Não existe um dia sequer que não penso que ele poderia estar aqui, caso seu diagnóstico tivesse sido feito no momento certo, antes dele entrar em sofrimento fetal e ocorrer seu falecimento intra-útero. 

 

E sou mãe do Rafael, prematuro de 34 semanas, hoje com 3 anos e 10 meses. Que veio para mim através de muita fé e acompanhamento com obstetra de alto risco. Onde ela percebeu, ainda nas 16 semanas e com meu histórico de perda, que ele seria prematuro.

 

O primeiro motivo foi a Incompetência Istmo Cervical, que desenvolvi durante a segunda gravidez - entenda melhor AQUI - e o segundo motivo, possuo trombofilia, motivo pelo qual meu primeiro filho faleceu.

Nas 33 semanas de gravidez do Rafael ela observou, que bem possivelmente, não passaria das 35/36 semanas para realização do parto. O Rafa estava tendo comprometimento em seu crescimento, por conta de trombos em minhas artérias e na placenta. Em função disso, ela prontamente ligou o alerta. E no dia 05/01/2016, nas 34 semanas, ele quis nascer. Minha bolsa estourou e hoje está aqui pra contar minha história pra vocês...

Foram apenas 5 dias de UTI, mas foram os 5 dias mais longos da minha vida!!!

 

Um beijo carinhoso em todos os bebês prematuros que hoje estão grandões e que já nasceram cheios de história pra contar!

E um abraço apertado em todas as famílias de prematuros que me seguem!

Até mais, corações!

 

 

 

 

 


Compartilhe:


ÚLTIMOS POSTS DO INSTAGRAM

2017 Todos os Direitos Reservados
desenvolvido por SITEFOX